“Toda palavra de Deus é pura; ele é escudo para os que nele confiam.”
Provérbios 30:5.   (via nobroke)




amigo a gente conta no dedo, as vezes até sobra dedo






“E eu sempre volto. Volto para estes papéis jogados em minha gaveta. Volto para este mundo surreal, repleto de resquícios históricos de minhas derrotas e frustrações. O regresso é algo natural. Talvez até seja algo determinante na história inútil desta raça que declina este planeta perfeito ao nada. Nunca sei progredir completamente, sempre falta alguma coisa: as vezes alguém, outras um objetivo. O meu grande equívoco é tentar viver sem ser eu mesmo. Tento. Umedeço meu olhar de lágrimas salgadas. Outra hora, sacio minha sede com lembranças mortas. Eu não sei caminhar sem regredir no tempo e na minha memória. Sempre vou, eu volto. Volto por ter medo de cair e ser a decadência que sempre fui prometido a ser. Sei que parece loucura. É que eu sou louco. Louco por coisas que nunca conseguirei reter. Sou o rio que banha o mar e quer de volta os peixes que foram junto com suas partículas. Sou todo confuso e por isso que sempre volto: não sei viver com algo que perdi.”
Augusto Soares. (via distanciarei)




“Alguns infinitos são maiores que outros.”
John Green (via overdose-de-textos)